segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 568

 - Legion of Super-Heroes 3 (Abril de 2005)

História:

* "It's a Magic Number" - Escrita por Mark Waid, desenhada por Barry Kitson, artefinalizada por Art Thibert

Nada mais justo para uma terceira edição de uma revista do que focar na integrante Tríade, capaz de se dividir em três corpos iguais. No entanto, o enfoque dado pelo escritor Mark Waid muda sua capacidade.

No decorrer da história é mostrada sua origem misteriosa, quando acordou desmemoriada em seu planeta, Cargg, que orbita três sóis. Não se sabe como seu povo foi destruído, uma vez que só encontra escombros e feras pelo caminho. Nem mesmo corpos são encontrados. Para sobreviver, descobre sua capacidade de se dividir em três corpos. E (novidade) cada um desses três corpos também tem a mesma capacidade, ou seja, se subdividem em outros três corpos. A multiplicação acontece até um certo limite, mas é o suficiente para criar uma espécie de "povo" formado só por cópias dela mesma.

Quando os Planetas Unidos chegaram a seu planeta, ela escolheu três desses corpos para segui-los, posteriormente alistando-se na Legião com o nome de Tríade.

Nessa história, cada um dos corpos da garota marca um encontro romântico com três legionários distintos: Transmutador, Solar e Ultra Rapaz. No entanto, Waid surpreende o leitor que imaginava estar vendo um desenvolvimento de uma das personalidades libidinosas da personagem (algo que foi explorado anteriormente como uma crise de tripla personalidade). Na verdade, Tríade investigava três pontos de vistas diferentes dentro da Legião... para informar Cósmico, que desconfia de um motim dentro do grupo, liderado por Brainiac 5. De fato, uma das subtramas dessa fase é a discordância entre esses dois legionários, no que se refere aos rumos dados a Legião.

Waid ainda mostra que o estilo para a Legião é uma releitura que vai além dos personagens e até mesmo de suas capacidades. Foca sua remodelagem no conceito do poder de cada um. Colossal, por exemplo, odeia ser chamado assim. Diz que seu codinome correto é Micro Rapaz, pois diminui seu tamanho. O problema é que ele, originalmente, é um gigante e, ao diminuir de tamanho, o faz em relação ao próprio, ficando do tamanho de um humano normal. Ou seja, quando não está usando o seu poder, é um gigante e, logo, mais útil para a Legião.

Outro enfoque interessante está na personagem Leviatã, também conhecida como Violeta. No original, essa heroína é capaz de reduzir seu tamanho (essa sim, se tornando minúscula). Mas ela não é mostrada em momento algum na história. A única que a conhece é Aparição, que explica que a heroína é tímida e mantém seu tamanho reduzido para não ser vista. Acaba por trazer certa dúvida se a personagem não é fruto de sua imaginação.

Nenhum comentário: