terça-feira, 20 de dezembro de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 562

 - The Legion 37 (Outubro de 2004)

História:

* "For No Better Reason - Part Three: A Sense Of Confinement" - Escrita por Gail Simone, desenhada por Dan Jurgens, artefinalizada por Andy Smith

Terceira parte da saga Sem Razão.

Enquanto Metropolis está imersa no caos, parte dos legionários caiu, de certa forma, em uma armadilha política. Em um planeta habitado por insetos, tinham a missão de evitar uma guerra civil entre espécies. Acontece que um fator biológico faz com que as criaturas evoluam e se tornem muito mais perigosas do que aparentavam. Ficam presos, então, entre duas facções selvagens. Esse desfalque de legionários está fazendo a diferença na Terra.

Entre as muitas vítimas em Metropolis, Aparição é informada por seu marido, Ultra Rapaz, que sua mãe, a presidenta da Terra, está à beira da morte.

Os cadetes da legião sofrem um ataque dos terroristas, que tem como alvo o Camaleão, devido a sua experiência como líder. Mas são surpreendidos pelo poder peculiar de uma cadete chamada Garota Infecciosa, que é capaz de transmitir doenças para suas vítimas. Os vilões, então, caem com fortes dores e enjôos.

Após a queda da prisão voadora, Karate Kid é obrigado a enfrentar, sozinho, dezenas de vilões. Para a surpresa de todos, suas habilidades em artes marciais faz com que a surra nos prisioneiros se torne épica. É tempo suficiente que ganha para que seus colegas venham ajudar.

Lobo Cinzento é gravemente ferido por Devil. Porém, a vilã não conta com seu fator de cura sobre-humano e nem mesmo com seu olfato animal que faz com que a rastreie. É questão de tempo para que ela seja encontrada antes da cartada final contra a cidade.

Continua...

A+:

- A gigantesca quantidade de personagens nas histórias da Legião dos Super-Heróis permitia que alguns com poderes ridículos figurassem durante seu percurso. Muitos deles apareceram para nunca mais surgir. Outros chegaram a formar grupos paralelos. Mas, como no mundo dos quadrinhos de super-heróis ter um poder ridículo não significa ser um perdedor (basta ter um escritor competente por trás), muitos deles foram reaproveitados de alguma forma.

A Garota Infecciosa (além dos poderes, os nomes...), foi criada nos quadrinhos em Abril de 1974, para a revista Superboy nº 201, sem muita esperança de ser uma heroína fixa. Mas reapareceu várias vezes durante as décadas seguintes, sendo até mesmo levada a sério como personagem dramática. Aqui, já na reta final dessa fase da Legião, faz uma rápida e decisiva aparição na história.

- O legionário Lobo Cinzento foi criado pelo desenhista Dave Cockrum para a Legião dos Super-Heróis. Mas a idéia foi reaproveitada pelo mesmo desenhista quando este partiu para a editora Marvel Comics na década de 70. Afinal, em síntese, seu Lobo Cinzento era uma espécie de protótipo do personagem mutante Wolverine.

Nesta aventura, esse "parentesco" fica mais do que evidente quando é mostrado um fator de cura e um olfato apurados no personagem, algo que nunca havia sido explorado em suas aparições. Esses poderes são mais do que marca registrada do x-man invocado e igualmente com nome de animal selvagem.

Nenhum comentário: