domingo, 19 de junho de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 406

 
- Impulse 21 (Janeiro de 1997)

Histórias:

* "A Little Knowledge" - Escrita por Mark Waid, desenhada por Craig Rousseau, finalizada por Wayne Faucher

Impulso é um herói mirim que pode ser visto como uma espécie de parceiro do herói Flash (apesar de suas aventuras não acontecerem exatamente lado a lado). Também dotado de supervelocidade, seu maior poder, tão temido pelos vilões, é a capacidade de irritar qualquer um. Superativo (na velocidade de seus movimentos) Bart literalmente age primeiro e pensa depois... muito depois... não medindo as consequências de seus atos e nem mesmo contendo suas capacidades. Mas nem só os vilões tem os nervos abalados pelo jovem. Todos a sua volta, inclusive heróis, também podem ser vítimas de suas desventuras.

O início desse encontro com a Legião faz uma homenagem a primeira aventura do grupo, quando os três primeiros legionários procuraram Superboy, mostrando conhecer sua identidade secreta (afinal, vindos do futuro, eles tinham esse conhecimento). Bart (identidade do Impulso) se desespera quando vê jovens comuns (os legionários, em identidades civis) o chamarem pelo seu codinome heróico. Sua preocupação está mais pelo fato de levar uma bronca de seu tutor, o velocista Max Mercury, do que propriamente o segredo de sua identidade.

Resolvida a confusão, os legionários lhe pedem ajuda para utilizar a esteira capaz de viajar no tempo quando aplicada supervelocidade (recurso utilizado pela legionária velocista XS, quando ficou presa na mesma época). Impulso se decepciona um pouco pois achava que eles haviam lhe procurado para integrar o grupo... algo que JAMAIS passaria pela cabeça de qualquer grupo!

Impulso fica encantado com as possibilidades de viagem no tempo que a esteira proporciona, levando e trazendo os legionários em vários momentos, inclusive brincando com suas versões futuras (de instantes) surgindo e sumindo dentro da sala. Chega até mesmo a trazer velociraptors que quase os devoram. A confusão (por mais que os legionários berram para que ele páre... mas não adianta falar com o teimoso...) termina quando eles voltam para o século XX... e a esteira fica perdida em algum momento do tempo.

Um fato curioso: entre uma viagem e outra, trombam com um macaquinho que se agarra a cabeça de Brainiac 5 (e imagine como o gênio legionário já estava furioso...) e fica o tempo todo "falando" "koko-koko". No passado, o "vilão" Brainiac tinha como mascote uma espécie de macaco alienígena chamado Koko, de onde veio a brincadeira e homenagem. O mascote, no entanto, iria acompanhar os legionários a partir daqui... por mais que Brainiac 5 não se familiarizasse.

Nenhum comentário: