sábado, 18 de junho de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 405

 - Legionnaires 44 (Janeiro de 1997)

Histórias:

* "Taking a Licking" - Escrita por Tom Peyer e Tom McCraw, desenhada por Jeff Moy, finalizada por W.C. Carani

A seleção para novos legionários leva centenas de pretensos heróis a se candidaterem a uma vaga na Legião dos Super-Heróis. Com os mais diversos poderes (do bizarro ao ridículo) poucos são aceitos nas fileiras do grupo. Muitos voltam decepcionados para seus respectivos planetas. Mas isso nem sempre é aceito de forma tão passiva. Há aqueles que simplesmente não aceitam serem rejeitados e recebem a decisão com um certo rancor.

Aqui vemos uma curiosa aventura onde os mais novos selecionados pela Legião (Magno, Sensora e Penumbra) enfrentam um grupo de candidatos rejeitados. A missão, inicialmente, é investigar sobre um desabamento em uma mina. Tarefa mal recebida por Penumbra que, por ter alma guerreira, esperava algo mais... ativo. Lá chegando, no entanto, enfrentam rejeitados com estranhos poderes. Para se ter uma idéia, o destaque fica por conta de Língua, que pode moldar sua própria língua em diversos objetos ou usá-la das formas mais bizarras possíveis (desde uma rede e até como uma machadinha).

Mas a grande sacada dessa história, após derrotarem os rejeitados, é o grupo ter encontrado uma galeria que foi descoberta após o desabamento da mina, mostrando o que parece ser uma espécie de tumba vazia. Nela, estranhas inscrições mostram algo como escrito "MORD". Para o leitor que conhece a mitologia dos personagens, já sacou que se trata da maior ameaça que os heróis já enfrentaram em sua existência.

Outros destaques dessa edição ficam por conta do contato com os legionários perdidos no século XX, através de um aparelho temporal criado por Rond Vidar. Isso tranquiliza os heróis do futuro, mostrando que seus colegas estão bem (apesar disso, Curto Circuito se decepciona ao ver o carinho entre Satúrnia e Cósmico). E a garota que veio do passado e teve seu corpo evoluído para uma mulher (apesar de manter a mente infantil), Lori, é revertida para seu corpo original, de uma menina de dez anos... algo que não é muito bem aceito por ela.

Nenhum comentário: