domingo, 22 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 379

 - Legion of Super-Heroes 80 (Maio de 1996)

Histórias:

* "Trust" - Escrita por Tom Peyer e Tom McCraw, desenhada por Lee Moder, finalizada por Ron Boyd

Emocionante final de um período negro no início de carreira da Legião. Há vários problemas a serem resolvidos ao mesmo tempo. Deter o Quinteto Fatal. Impedir a guerra entre Braal e Titan. Mas o olho do furacão de problemas está mesmo na sala onde a embaixadora Wazzo fez de refém a presidenta da Terra e Brainiac 5. Aparentemente, há uma interligação entre esses problemas e a grande manipuladora aparenta ser a embaixadora, enlouquecida pela morte de sua filha Aparição na frente de combate com a Legião dos Super-Heróis.

O grupo responsável por deter o Quinteto consegue cumprir a missão. Inclusive os próprios vilões chegam a se desentender, já que Tharok tenta usar poderosos mísseis contra o planeta onde estão operando, mas seu colega de vilania, Mano, dissolve metade do seu corpo pois não quer morrer em um ataque suicída. Já a tensão junto a Titan é evitada por Satúrnia e seu mentor titaniano.

Na sala onde está a embaixadora, Brainiac 5 consegue escapar por um momento e atacá-la. Mas leva um tiro fatal! A embaixadora, chocada pelo que acabou de fazer deixa-se dominar pela presidenta... que surpreendentemente começa a chamá-la de fraca, mas que isso ajudou para que ela pudesse provocar uma guerra entre potências e, ao mesmo tempo, reunir o Quinteto Fatal para destruir a Legião. Ou seja, a verdadeira manipuladora era a corrupta presidenta da Terra.

Mas as coisa não acabam tão mal quanto parecem. Enquanto "confessava" seus planos à embaixadora, uma câmera transmitia tudo para o povo, que viu quem sua líder política é de verdade. Nesse momento, Cósmico e R.J. Brande entram na sala e tudo mostra ser uma armadilha.

Cósmico tomou conhecimento do esquadrão de espionagem formado dentro da Legião e o usou para desmascarar a tirana. Quem estava na sala não era a embaixadora... mas Camaleão disfarçado. Portanto, o tiro que Brainiac 5 levou era de mentira. Os outros legionários que foram encontrados na sala da embaixadora, mortos, apenas usaram seus poderes para simular a própria morte (Camaleão simulou que seu corpo derretia, Rapaz Invisível usou seus poderes para deixar invisível sua carne, fazendo com que encontrassem "apenas" seu esqueleto na sala...).

Desmascarada, a presidenta é presa e R.J. Brande, apesar de seus próprios protestos, é eleito o presidente interino. O grupo, vitorioso, é anistiado de qualquer obrigação para com o governo. Estão livres para agir não como um grupo governamental, mas como a Legião dos Super-Heróis!

Nenhum comentário: