domingo, 27 de fevereiro de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 303


- Legion of Super-Heroes 49 (Novembro de 1993)
.
Histórias:
.
* "(sem título)" - Escrita por Mary Bierbaum, Tom Bierbaum, desenhada por Darryl Banks e Stuart Immonen, finalizada por Pam Eklund

Talvez inspirado pela leveza das aventuras do legionários (os clones jovens dos heróis da Legião), a aventura apresentada nessa edição tem um clima mais leve do que vem se acompanhando ultimamente. Na verdade, a história sai um pouco dos trilhos do que pode se chamar de normal. Acaba sendo uma grande brincadeira e uma forma de se trazer o humor escrachado de uma pseudo-Legião dos Heróis Substitutos, novamente liderados pelo mais disfuncional de todos os Legionários: Digestor.

Retoma-se a história, não menos insana, do vilão príncipe Evillo que, na sua última aparição, também teve o desprazer de encontrar Digestor, que lhe deu muita dor de cabeça. Para se ter idéia, o herói libertou do Inferno as ex-esposas do vilão que vieram assombrá-lo. Outra ponta solta foi a permanência do legionário Polar no planeta Tartarus, regido por Evillo, e que aqui é resgatado.

Chegando ao Tartarus, Digestor descobre que Evillo roubou a jóia hipnotizadora de outro vilão, Universo, e com ela está manipulando a Rainha de Saturno, afim de ampliar os poderes da garota e da própria jóia. Evillo, no entanto, tem um enorme desafeto por Digestor e pretende derrotá-lo e torturá-lo no processo.

Liberto pelas duas filhas rebeldes do vilão, Digestor encontra-se com seu amigo e ex-legionário, Polar, que lhe apresenta uma série de novos integrantes de uma espécie de grupo chamado Heróis do Tartarus (lembrando os Heróis de Lallor, outro grupo de personagens com poderes esquisitos). Entre os integrantes desse grupo podemos destacar um tatu humanóide cujo poder é ser craque em uma espécie de jogo parecido com o tabuleiro de Banco Imobiliário e um alienígena que emite eco toda vez que fala ou falam com ele. Esse último tem lá sua utilidade, uma vez que o eco que emite também é capaz de gerar um campo de força.

Na batalha (absurda) do grupo contra Evillo, descobrem uma estátua enorme de outra personagem recusada nas seleções da Legião, Ethel Lyn, com seu tamanho gigantesco e quatro olhos. O grupo consegue combinar seus poderes para derrubar o robô Ethel, derrotando o vilão e ganhando respeito da população... por mais ridículos que sejam os meios para salvá-la.
 

Nenhum comentário: