quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 278


- Legion of Super-Heroes Annual 3 (1992)
.
Histórias:
.
* "Full Moon Fever, or: I Used to be an Animal but I'm All Right Now" - Escrita por Al Gordon, desenhada por Rob Haynes, Ian Montgomery e Joe Phillips, finalizada por John Dell e Al Gordon
*"(sem título)" - Escrita por Mary Bierbaum e Tom Bierbaum, desenhada por Brandon Peterson e finalizada por Scott Hanna


A primeira parte desse terceiro anual da Legião dos Super-Heróis mostra a nova mutação do herói Lobo Cinzento. Adoecido depois de voltar a forma humana graças a entidade Gemini (pois antes ele nada mais era do que uma grande fera peluda), essa mesma entidade sente piedade quanto a sua condição e deseja ajudar. Para tanto, usando seu vasto poder, leva o herói para o presente e causa uma mutação que faz com que ele pareça uma espécie de Lobisomem.

Essa primeira história é aparentemente curta dada a importância que lhe é dada na capa. O motivo disso é que se trata de uma espécie de prólogo para a minissérie própria do personagem que acontece em seguida. Personagens "selvagens" estavam na moda nos anos 90 e Lobo Cinzento, mais feroz do que nunca vinha bem a calhar.

A segunda história, apesar do roteiro despretensioso, traz uma revelação importante para a mitologia da Legião.

Tudo ocorre como uma reunião entre antigos legionários no planeta Winath. Muito longe do clima pesado das últimas histórias, esse conto é recheado por diálogos que, de fato, pertencem mais a uma reunião de amigos do que uma aventura. E traz TUDO que uma verdadeira reunião pode ter... inclusive, ciúmes, flertes, namoros escondidos, invejas, segredos, amigos bebâdos e tudo o mais que você vê nos bastidores de uma boa festa. Destaque para a dancinha dos legionários onde Camaleão e Proty, além de cantar, se transformam em versões cartunescas de seus colegas.

Outros legionários que até então, nessa nova fase, tiveram pouco destaque aparecem aqui, como é o caso de Colossal e sua esposa durlaniana e Ástron que agora está envolvido com um jogo muito parecido com o beisebol.

Curiosidade: parece ser costume daqueles que visitam Winath a prática do Top-Less. Tanto eles quanto elas usam uma improvisada tanga em quase todas as cenas no campo. Mas não há nenhum constrangimento por parte dos convidados, o que mostra que este costume era, de fato, muito comum ao planeta.

Mas a revelação bombástica fica por conta de Relâmpago (não por acaso, o anfitrião) que mostra que ele... não é o Relâmpago de antigamente! Acontece que, em uma história, décadas passadas, o herói foi morto e logo após ressucitado graças ao sacrifício do primeiro Proty (o mascote de Camaleão capaz de se transformar em qualquer coisa). Acontece que Proty também não morreu e tornou-se o Relâmpago que conhecemos. Com o passar dos anos, a "criatura" casou-se com Satúrnia, teve filhos, constituiu família... e agora se vê na dura tarefa de revelar tudo a sua amada esposa e amigos... algo que decide não fazer de imediato. A única que fica sabendo da verdade, descobrindo o segredo acidentalmente, é sua irmã... a Moça Relâmpago.

Nenhum comentário: