sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 273


- Legion of Super-Heroes 32 (Agosto de 1992)
.
Histórias:
.
* "(sem título)" - Escrita por Mary Bierbaum, Tom Bierbaum e Keith Giffen, desenhada por Keith Giffen e Jason Pearson, finalizada por Al Gordon e Karl Story

Quando tudo parecia estar indo tão bem...

Os Heróis Substitutos da resistência (bom nome, não?) já estão expostos demais e precisam de uma saída rápida de sua base. Afinal, o planeta está infestado de domínions e a resistência está alocada nos subterrâneos. Ou seja, estão sitiados em um local onde não podem sair e estão prestes a ser atacados a qualquer momento.

A única saída é se entregar de vez aos alienígenas... e é isso que feito. Acompanhado por uma enorme comitiva de soldados domínions, um alto comandante alienígena acompanha pessoalmente a rendição dos rebeldes. Eles são escoltados a uma enorme nave e, com certeza, serão executados em seu destino final. Os domínions estão aliviados com mais essa vitória. Até que... o comandante desaparece diante de seus olhos!

Ficamos sabendo que tudo foi um truque muito bem elaborado pelos legionários clones do Lote SW6. O comandante, na verdade, era ninguém menos do que o clone do Camaleão disfarçado. A nave que leva os Substitutos é pilotada pelo Garoto Porco-Espinho (também dos substitutos), juntamente com o grupo de resistência que se reúne na África. No caso da nave, esta foi camuflada graças aos poderes da jovem clone da Princesa Projectra.

Mas nem tudo é comemoração...

Graças ao traiçoeiro Grinn, um peso morto que se uniu aos rebeldes, as câmaras subterrâneas tiveram explosivos ativados. Sua desculpa era que achava que seria seguro que as mesmas fossem destruídas quando saísse do local. Acontece que as explosões não são pequenas e, inclusive, causam uma reação em cadeia por quilômetros. Como as primeiras explosões acontecem em Metrópolis, isso acaba matando o grupo que ajudou na fuga: os clones de Camaleão, Projectra e o namorado dela, Marcial.

Nenhum comentário: