domingo, 14 de novembro de 2010

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 221


- Legion of Super-Heroes 50 (Setembro de 1988)
Publicado no Brasil na revista DC 2000 nº 15, em março de 1991, pela Editora Abril

.
Histórias:
.
* "Life and Death at the End of Time" - Escrita por Paul Levitz e Keith Giffen, desenhada por Keith Giffen

CONSPIRAÇÃO (parte 5 de 5)


Agora que todos os legionários sabem o plano secreto dos "conspiradores" (aniquilar o vilão Senhor do Tempo), basta viajar para o fim dos tempos e destruí-lo, certo? Errado! Ainda há um trunfo na manga dos conspiradores...

Com a ajuda de Rond Vidar, os legionários montam um cubo do tempo capaz de levá-los até o vilão. Porém, ao ligar o aparelho, apenas Brainiac 5, Mon-El, Satúrnia e Dama Dupla (os conspiradores) são levados... Para a surpresa de todos os outros legionários, essa ação foi premeditada de acordo com o plano inicial dos quatro.

No fim dos tempos, os quatro legionários encaram o onipotente vilão. Mon-El, o mais poderoso deles é derrotado facilmente. Os poderes mentais de Satúrnia não são suficientes para sequer abalar o Senhor do Tempo. Dama Dupla, a maior vítima dessa empreitada, capaz de dividir-se em dois corpos distintos, vê um de seus corpos ser desintegrado (!!!!).

Sem que os outros soubessem, Rond Vidar, o engenheiro do tempo, os segue e mostra um trunfo inesperado... ele agora se tornou um Lanterna Verde. Essa é a explicação de como ele escapou da morte. Como seu pai, o vilão Universo, era um Lanterna renegado, Vidar roubou seu anel e passou a usá-lo. Mesmo assim, todo o poder do anel não é páreo para o vilão.

Restou a Brainiac 5 utilizar sua inteligência e seu plano inicial para dar cabo do vilão. Como trunfo ele leva o vilão (desacordado) Homem Infinito. O plano baseia-se no fato de que o Senhor do Tempo representa o fim dos tempos e o Homem Infinito... bom... representa o infinito. Logo, essas duas poderosas forças se anulam e o vilão é destruído. Infinito, apesar de anteriormente culpar Brainiac 5 por sua criação, o perdoa no momento da explosão.

Os quatro legionários e Rond Vidar voltam ao seu tempo, com graves sequelas dessa arriscada aventura... mas com a certeza que a ameaça do Senhor do Tempo foi resolvida.

Uma inspirada trama para marcar a volta de Keith Giffen como desenhista da série e comemorar o número 50 da revista da Legião. Inspirada como o texto final dessa saga, escrita por Paul Levitz:

"Todas as coisas terminam aqui, mesmo as que nunca começaram. Sonhos se tornam pó, vidas se apagam da memória. Em todo o Universo, há energia apenas para remoer os fragmentos do passado e abandonar a esperança de futuro. Este era seu reino, e seu dia chegou.

Todos os seres vivos contemplaram este lugar em pesadelo e estremeceram. Se a lógica briga com a fé quanto à natureza do começo, o mesmo se dá com o fim.A lógica decreta que tudo o que começa precisa terminar. Este era o destino dele, que por fim se concretizou. Eles dão nome ao desconhecido e fingem entendê-lo. Chamam isto de final dos tempos e acreditam que não viverão para estar aqui.

Ele já recebeu milhares de nomes. Noite. Morte. Apocalipse. Eternidade. Entropia. Tempo. Para poucos que ousaram olhar seu rosto, que não é rosto, ele ficou conhecido como Senhor do Tempo. Para tudo o que vive, se mexe e espera o próximo amanhecer, ele é o inimigo.

Todas as coisas terminam aqui, mesmo as que nunca começaram. Sonhos se tornam pó, vidas se apagam da memória. Em todo o Universo, há energia apenas para remoer os fragmentos do passado e abandonar a esperança de futuro. Este era seu reino, e seu último dia chegou".
 

Nenhum comentário: