sexta-feira, 10 de setembro de 2010

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 180


- Legion of Substitute Heroes Special (Abril de 1985)
.
Histórias:
.
* "You Can't Keep a Good Villain Down" - Escrita por Keith Giffen e Paul Levitz, desenhada por Keith Giffen

O planeta Bismoll, lar do ex-legionário Digestor, é recebe a visita do poderosíssimo vilão andróide Pulsar Stargrave que, obviamente, pretende dominar o local. Digestor, com seu poder de devorar praticamente qualquer material, não tem lá muita utilidade contra tão vasta ameaça. Resta a ele contar com a ajuda da Legião... dos Heróis Substitutos.

O conceito dos heróis substitutos foi criado com um tom cômico, quase dramático, mostrando personagens que não foram aceitos na Legião dos Super-Heróis quase sempre pelo fato de seus poderes serem por demais ridículos. Com o tempo, essa idéia se perdeu e o grupo tornou-se sério a ponto de ser uma espécie de time de apoio da Legião dos Super-Heróis. Aqui, no entanto, a idéia de um grupo de personagens ridículos é retomada... mas é levada ao cúmulo.

Keith Giffen não só mudou radicalmente o estilo de seu desenho com o passar do tempo. Seu estilo de roteiro voltado para a comédia pastelão faria sucesso com outro grupo, a Liga da Justiça, futuramente. No entanto, parte dessa forma de se contar história está muito bem representado nesse especial, onde o autor não poupa um requadro sequer sem tirar sarro de toda e qualquer situação. Nem mesmo os editores são poupados, assumindo recadinhos de desculpas para o leitor pela vergonha com as quais seus personagens passam.


De fato, um herói com o poder de digerir qualquer material apoiado por outros heróis que, entre outros poderes, tem a capacidade de se tornar pedra ou irradiar cores, não é lá algo que se deva levar a sério. Para se ter uma idéia de a que ponto chega o absurdo, descobrem (estupefatos) que um deles muda de sexo toda a manhã! E, mesmo com poderes absurdos, são desenvolvidos de forma idem no decorrer da aventura. O que dizer quando Digestor ataca o poderoso vilão da única forma que lhe vem a cabeça... devorando-lhe o nariz.


Por falar no vilão, um dos mais poderosos que TODA a Legião dos Super-Heróis já enfrentou, seu maior sufoco não está em enfrentar tão estranho grupo. Na verdade, sua paciência é levada aos limites da sanidade a cada idiotice que lhe acontece. Até mesmo a forma como é derrotado (talvez uma das mais vergonhosas na história dos quadrinhos para um vilão desse calibre) é algo que só pode ser a finalização de uma grande e enlouquecida piada.


Nenhum comentário: