segunda-feira, 30 de agosto de 2010

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 169


- Tales of the Legion of Super-Heroes 314 e 316 (Agosto a Outubro de 1984)
.
Histórias:
.
* "A Witch Shall Be Born" - Escrita por Keith Giffen e Paul Levitz, desenhada por George Tuska

* "The Forging" - Escrita por Paul Levitz e Mindy Newell, desenhada por George Tuska

* "The Path Not Taken" - Escrita por Paul Levitz e Mindy Newell, desenhada por George Tuska

Bloko é o típico personagem fortão que existe em qualquer grupo de super-heróis. E, a exemplo de outro nesse mesmo estilo, o Coisa do Quarteto Fantástico, ele também é um grandalhão feito de pedra... mas com um grande e sentimental coração, dando um ar até cômico a sua presença. E tão estranho quanto um grandalhão sentimental é um grandalhão culto e extremamente interessado pelo que ocorre a sua volta. Bloko tem uma curiosidade sobre a história dos seus colegas de grupo que chega a rivalizar com a sede de conhecimento de Brainiac 5, o mais inteligente da Legião.

Nestas pequenas histórias secundárias, o legionário de pedra estuda a origem da colega Feiticeira Branca, unindo fatos que foram aparecendo em sua confusa e repentina aparição nos quadrinhos. De fato, Bloko chega a derramar lágrimas quando tem contato com a dramática história de vida da moça, que perdeu a mãe muito cedo. Ela foi treinada em magia quando Mordru, um dos mais poderosos inimigos da Legião, ainda era um dos mestres disposto (apesar de mal intencionado) a ensiná-la.

Muito formosa, a naltoriana Mysa Nal, foi desfigurada justamente pelo invejoso Mordru, sendo relegada aos cuidados do vilão Príncipe Evillo. Depois disso, foi encontrada por acaso pela Legião, quando sua irmã, Sonhadora, fazia parte do grupo. Entre esse resgate e sua aceitação como legionária, aprofundou-se tanto em livros de magia que sua pele ficou esbranquiçada e ela assumiu a forma pela qual ficou conhecida como Feiticeira Branca.

Destaque para os desenhos de George Tuska, que casam perfeitamente com o clima da história e são auxiliados por Karl Kesel, que futuramente seria mais conhecido como escritor de histórias do Superman.


Nenhum comentário: