quarta-feira, 21 de abril de 2010

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 92


- Superboy 172 (Março de 1971)

Histórias:

* "Brotherly Hate" - Escrita por E. Nelson Bridwell, desenhada por George Tuska

George Tuska.

Após alguns meses sem novidades para a Legião, eis que as aventuras do grupo voltam a ser publicadas na revista do Superboy. Chega a ser irônico uma vez que os legionários surgiram justamente como coadjuvantes nas aventuras do garoto de aço. E, apesar de suas histórias serem publicadas separadamente das do "dono" da revista, é também como coadjuvantes que os legionários são apresentados. Superboy aparece como narrador das histórias de seus amigos do futuro ou mesmo tendo uma participação mais ativa com eles. Além disso, não tem uma periodicidade tão constante quanto anteriormente, uma vez que a revista do Superboy apresentava especiais de tempos em tempos e isso fazia com que as aventuras dos legionários "falhassem" em determinados meses.

Essa nova fase também marca a estréia de George Tuska como desenhista das aventuras da Legião. O artista ficaria conhecido como um dos principais desenhistas do herói Homem de Ferro, da editora concorrente Marvel Comics. Inclusive, foi uma fase de migração de artistas entre as duas maiores editoras de quadrinhos, uma vez que Jack Kirby, um dos maiores idealizadores e parceiros de Stan Lee na criação do Universo de personagens Marvel, agora trabalhava para a DC Comics, onde eram publicadas as histórias da Legião dos Super-Heróis.

Na estréia, em uma aventura narrada pelo Superboy, vemos Relâmpago, Pluma e Lobo Cinzento perseguirem o vilão Lorde Relâmpago, irmão dos dois primeiros. Apesar de ser uma história morna e sem tantos desdobramentos, a curiosidade fica por conta do embate final, onde uma rajada de Relâmpago, além de derrotar o irmão, faz com que seu cabelo se torne branco. Esse visual seria o mais conhecido do vilão em histórias futuras, dando-lhe o ar de ser mais adulto do que os heróis.

4 comentários:

Anônimo disse...

você já colaborou com a Wikipédia ou o Guia dos Quadrinhos?

Dark Marcos disse...

Com o Wikipédia ainda não. Estou tentado a colaborar, mas preciso de tempo para entender o funcinamento.
Já com o Guia dos Quadrinhos, sempre que possível colaboro acrescentando alguma origem de personagem ou mesmo imagem.

Hyju disse...

seus textos são bem interessantes.
na Wikipédia você precisa achar fontes fiáveis (nem todo blog é aceito), não se pode escrever sem citar fontes.
há muita coisa a se acrescentar sobre as Eras de Ouro e Prata.
se puder de uma olhada lá.
Hyju, membro do Wikiprojeto Banda Desenhada

Dark Marcos disse...

Muito agradecido por prestigiar esse trabalho, Hyju. Muito me interessa ajudar no que diz respeito a esses incríveis personagens. Com certeza irei procurá-lo no que se refere a colaborar com a Wikipédia.
Grande abraço.