domingo, 14 de março de 2010

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 68


- Adventure Comics 368 (Maio de 1968)

Histórias:

* "The Mutiny Of The Super-Heroines" - Escrita por Jim Shooter e Mort Weisinger, desenhada por Jim Shooter e Curt Swan

O motim das super-heroínas.

Ah... Essa história deve ser o sonho de qualquer sadomasô! Se você é um leitor que gosta de apanhar de mulher... essa é a sua revista!

Uma embaixadora alienígena é resgatada de um acidente pelos legionários. No planeta dela, diferente da Terra, a sociedade é um matriarcado, onde as mulheres dominam toda a cultura e governo.

Horrorizada com o domínio masculino da Terra, a embaixadora decide manipular as heroínas da Legião dos Super-Heróis para virar a mesa. Para isso, utiliza estatuetas que representam as legionárias e as banha com uma estranha radiação que sai de seu bracelete. Com isso as legionários vêem seus poderes aumentarem incrivelmente, superando até mesmo seus colegas homens do grupo.

Além dos poderes aumentados, as legionárias começam a cair na lábia da embaixadora e decidem tomar a frente da Legião, entendendo que seus colegas são inúteis diante do que elas são capazes de fazer. São superiores, enfim, tanto em poder como em inteligência. A única que fica um tanto quanto abalada com tanto feminismo radical é Supergirl, devido a seus sentimentos para com Brainiac 5. Ela também estranha como a embaixadora tem tanto cuidado com aquele bracelete que carrega.

A Embaixadora decide dar mais poder as heroínas a ponto de querer que elas matem os homens da Legião. Mas, ao usar o bracelete, ele explode em seu pulso, desfazendo o controle que tinha sobre as garotas. Isso aconteceu devido a um explosivo que Supergirl disfarçou como adereço para o bracelete de sua então líder. Mas a embaixadora, não aceitando a derrota, carregava um dente com veneno e o usa, sacrificando-se para não voltar a seus líderes como fracassada. Isso é que é "mulher-macho"!


Nenhum comentário: