sábado, 6 de março de 2010

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 62


- Adventure Comics 359 e 360 (Agosto e Setembro de 1967)


Histórias:
* "The Outlawed Legionnaires" - Escrita por Jim Shooter e Mort Weisinger, desenhada por Jim Shooter e Curt Swan
* "The Legion Chain Gang" - Escrita por Jim Shooter e Mort Weisinger, desenhada por Jim Shooter e Curt Swan


Takron-Galtos.

A superprisão para vilões do futuro de Takron-Galtos seria citada várias vezes nas aventuras da Legião dos Super-Heróis. Afinal, era pra lá que levavam os inimigos enfrentados pelo grupo, quando detidos. Curiosamente, a primeira vez em que foi citada no quadrinhos, nesta aventura, foi justamente os integrantes da Legião quem foram presos.

Surpreendentemente, o vice-presidente, que tomou posse após a morte suspeita do presidente, declara que as atividades da Legião dos Super-Heróis são... ilegais. Afinal, ninguém tinha o direito de praticar a justiça com as próprias mãos. Mais surpreendente ainda é que a própria polícia e a população concordava plenamente com essa decisão. Os heróis agora tem que conviver em um mundo onde eles são marginalizados pelo povo e até mesmo por seus parentes, que concordam plenamente que suas atividades anteriores eram arriscadas demais.

Mesmo sob uma lei tão severa, parte dos legionários se vê obrigada a agir, quando um monotrilho carregado de inocentes descarrilha e cai para a morte certa. Mesmo salvando os passageiros, tal atitude é tomada como desobediência a nova lei... eles são condenados... e presos em Takron-Galtos, o superpresídio espacial. Outra parte do grupo é presa em Metrópolis mesmo e os demais, após a tentativa frustrada de contatar R. J. Brande (financiador do grupo, que agora também apóia a nova lei), fogem para os esgotos da cidade.

Apesar da situação mais do que crítica, o grupo que fugiu para os esgotos encontra acidentalmente um avançado laboratório subterrâneo. Estudando o local, descobrem que era o antigo esconderijo do cientista e vilão Luthor, arquiinimigo do Superman, e que os recursos ali deixados podem em muito ajudá-los.

Enquanto o grupo detido em Takron-Galtos tenta armar uma rebelião, os legionários remanescentes descobrem que toda a população está sob efeito de uma droga hipnótica. Brainiac 5 cria uma fórmula que desfaz o efeito hipnótico e a missão agora é levá-la até o reservatório de água.

Os legionários conseguem chegar até o vice-presidente para tentar tirá-lo do efeito hipnótico. Mas ele não parece ter sido afetado. Todas as suas ações até então pareciam ser plenamente conscientes. Esse mistério é explicado por um jovem que chega com parte da polícia (já fora do transe) para prendê-lo. O jovem é Rond Vidar e o vice-presidente é, na verdade, seu pai... o vilão Universo.

Com o vilão preso e o restante do grupo livre de Takron-Galtos, a Legião aceita Rond Vidar como mais um legionário honorário.


Nenhum comentário: