terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 52

- Adventure Comics 346 e 347 (Julho e Agosto de 1966)

Histórias:

* "One Of Us Is A Traitor" - Escrita por Jim Shooter e Mort Weisinger, desenhada por Jim Shooter

Novos Legionários (Projectra, Ferro, Karatê Kid e Nemesis) e um novo... literalmente MUITO novo... escritor/desenhista: Jim Shooter.

Ele seria conhecido, no futuro, como um dos grandes editores da Marvel Comics. Em sua gestão, foi responsável, por exemplo, pela grande explosão de popularidade dos personagens daquela editora nos anos 80. Os mutantes X-Men se tornaram um grande sucesso de hoje em dia graças a essa época. Era também conhecido com um chefão linha dura, daqueles tirânicos e que não admitiam erros e muito menos atrasos. Baixa qualidade, então...

Mas o editor Jim Shooter não começou na Marvel, e sim na sua concorrente direta, a DC Comics. E isso nos anos 60, escrevendo e desenhando as histórias da Legião dos Super-Heróis. Esse histórico de sucesso seria menos impressionante se não fosse um detalhe. Quando começou a escrever e desenhar as história da Legião... Shooter tinha apenas... 13 anos!!!! Sim... você leu direito... 13 (treze) anos.

Reza a lenda que o jovenzinho trocava correspondência com o editor da revista, Mort Weisinger, e sua inteligência e conhecimento espantavam o veterano escritor. Chegou ao ponto de Weisinger aceitar um roteiro e até algumas páginas desenhadas por Shooter. De fato, a história em duas partes (apresentadas nessas edições) tinham um roteiro diferente do que vinha sendo feito na época e uma arte com enquadramento cinematográfico (principalmente na batalha final). Acontece que o boquiaberto Weisinger não imaginava que Shooter era tão jovem e, quando descobriu, já estava pra lá de impressionado!

A história mostra mais uma seleção de novos integrantes para a Legião. Dessa vez, os heróis parecem menos sisudos e aceitam praticamente todos os quatro candidatos que se apresentam. Temos a Princesa Projectra, capaz de emitir ilusões realistas; Nemesis, capaz de transformar a matéria e o próprio corpo em qualquer material; Ferro, capaz de tornar seu corpo em ferro maciço; e Karatê Kid (conhecido no Brasil também como Marcial), capaz de usar suas habilidades como lutador de karatê e utilizando sua força em batalha, capaz até de rasgar aço.

A trama mostra uma invasão iminente contra a Terra e um dos quatro candidatos sendo apontado como traidor do grupo, entregando as armas da Terra para os alienígenas. O roteiro leva a crer que o traidor é Karatê Kid. Mas o verdadeiro vilão revela-se de forma um tanto patética. Quando Superboy, crente de que o Karatê é o traidor, grita por parte de seu nome, "Kid!", é Nemesis (Nemesis Kid) quem se entrega pensando que estava falando com ele.

O ataque alienígena acontece e os três novos integrantes mostram seu valor, cada qual usando seus poderes da melhor forma, provando seu valor como legionários. A ação da batalha ocorre de maneira perfeita e empolgante, explorando os outros integrantes mais veteranos da Legião. Um início inacreditável para um prodígio de 13 anos.

Nenhum comentário: