domingo, 31 de janeiro de 2010

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 44

- Adventure Comics 337 (Outubro de 1965)

Histórias:

* "The Weddings That Wrecked The Legion" - Escrita por Edmond Hamilton e desenhada por John Forte

Casamentos entre legionários.

Tenho que admitir... Em todos esses anos em que escrevo Âmago (e quando digo TODOS, me refiro até a época em que esse humilde espaço era um fanzine), uma coisa aprendi com os quadrinhos: você nunca pode dizer que já viu de tudo. É bem verdade que a quantidade vence a qualidade das histórias, principalmente no industrializado mercado americano dos "comics" de super-heróis. Mas, para o bem ou para o mal, vez ou outra, surge alguma "pérola" que você lê e não acredita no que está vendo. Ou melhor... acredita mas fica pasmo em saber como um escritor pode viajar tanto na maionese (e nem perguntem o que deve ser a tal "maionese").

Por pouco, por muito pouco, esse artigo da história da Legião ia ficar sem nada que eu pudesse escrever. Simplesmente porque... dessa vez... admito perante todos... fiquei sem palavras! E isso não é um elogio e muito menos uma crítica. É queixo caído, mesmo! Queixo caído em ver como um escritor pode "viajar" na tal maionese! Mas... a ética e o respeito pelos leitores de Âmago me dizem que tenho que escrever algo. Portanto, amarrem bem os seus queixos e me acompanhem.

A constituição da Legião dos Super-Heróis não permite que integrantes casados façam parte do grupo. E, justo quando a Terra está para sofrer uma invasão, vemos dois romances surgirem, se firmarem... e terminar em matrimônio. E, mesmo que se fizesse algum mistério, talvez nenhum leitor iria adivinhar quem são os casais. Afinal, por mais estranho que pareça, em nenhum momento das histórias passadas eles mostraram alguma afinidade um com o outro. Os pombinhos são: Satúrnia e Relâmpago; Ultra Rapaz e Moça Fantasma (Etérea). Sob as frias críticas de Brainiac 5 (aqui fazendo a vez de líder da Legião), o casamento acontece... e os quatro integrantes saem do grupo.

Para suprir o desfalque no seu quadro de integrantes, novos candidatos surgem para ocupar a vaga. Inclusive, alguns integrantes da Legião dos Substitutos tentam novamente (porém, em vão) fazer parte da Legião dos Super-Heróis. No final, três novos heróis são selecionados... mas trazem um segredo em comum: são os alienígenas invasores disfarçados e que se aproveitaram para infiltrar-se no grupo!

Apesar de, aparentemente, a Legião cair em uma espécie de emboscada armada pelo invasores, logo os heróis mostram estar a par da situação, viram a mesa, e acabam derrotando os invasores. Mas... como?

Tudo correu bem graças a uma idéia de Brainiac 5. Ele toma ciência de que os alienígenas estão observando cada passo da Legião e cria um plano para incitá-los a plantar espiões entre os legionários. Uma das formas é a famosa seleção de novos canditados. Para que o plano de se recrutar novos heróis se torne mais convincente, alguns integrantes terão que sair. É então que ele tem a idéia do desligamento devido a matrimônio e escolhe dois casais de legionários para simular um casamento. A inclusão de Satúrnia é um ponto importante, pois os alienígenas se sentiríam mais a vontade com alguém que pode ler mentes longe do grupo. Feito isso, eles caem fácil na mentira, realmente enviam os espiões, que já estavam sendo esperados... mesmo porque os outros candidatos eram da Legião de Substitutos, que também foi convocada para "atuar" na seleção.

Plano ousadíssimo, sem dúvida. Tudo bem que robôs (desculpa esfarrapada) foram usados para o matrimônio não ser oficial... mas... os beijos e amassos (que, inclusive, os alienígenas "voyeurs" espionam) entre os envolvidos... não foi simulado por robôs. E não foram mesmo! Tanto que, depois da missão, essa... digamos... integração entre colegas de grupo... desperta sentimentos entre eles que até então não existiam. E os pombinhos de mentira, agora são apaixonados de verdade.

Love is in the air...

Nenhum comentário: