domingo, 31 de janeiro de 2010

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 43

- Adventure Comics 335 e 336 (Agosto e Setembro de 1965)

Histórias:

* "Starfinger" - Escrita por Edmond Hamilton e desenhada por John Forte
* "The True Idetity Of Starfinger" - Escrita por Mort Weisinger e desenhada por John Forte

Zoroastro.

A primeira versão do vilão Starfinger (batizado no Brasil de Zoroastro em sua versão mais contemporânea) trazia um certo mistério para os quadrinhos. Afinal, tudo indicava que ele era um dos legionários disfarçado. A brincadeira aqui era adivinhar quem deles era a possível ameaça.

O novo vilão surge com seu uniforme especial e de seus dedos saem uma enorme combinação de raios capazes de derrotar todos os legionários. Na verdade, os raios por si não são o único problema, já que Zoroastro os usa de uma forma como se conhecesse muito bem as fraquezas de cada herói. Isso se torna mais evidente quando surge a suspeita de que se trata de um legionário. Consegue, por exemplo, deter Superboy com um raio de kriptonita e quase mata o herói Astron, sendo que este só e salvo graças a intervenção de Mon-El.

Aparentemente agindo como um ativista, o vilão começa a atacar as sete maravilhas do século 30. Cada uma dessas maravilhas já despertam curiosidade suficiente nesta história. Temos, por exemplo, uma cidade INTEIRA que se desloca por trilhos gigantescos pelos mares. Outra maravilha é uma cachoeira reversa, criada graças a um equipamento que drena a água do mar e a joga para cima de uma encosta com pressão o suficiente para dar a impressão de que ela está indo na direção inversa do que seria uma queda. De maravilha em maravilha, Zoroastro vai ludibriando os legionários.

Por fim, descobre-se que o vilão é na verdade... Relâmpago! Mas... como e por que ele teria se tornado um vilão? Tudo é explicado quando se revela que o médico que cuidava do herói (o mesmo que lhe criou o braço mecânico quando o natural foi amputado), com sua sede por experimentos científicos, desejava roubar um novo minério capaz de rejuvenescer qualquer ser vivo. Para distrair a Legião, o cientista hipnotiza Relâmpago e cria os raios em seu braço. Junto com o conhecimento sobre o grupo (afinal, por se médico particular de Relâmpago, tinha certa intimidade com todos), seu plano iria bem até ser descoberto como o verdadeiro Zoroastro.

E novamente Relâmpago como saco de pancadas! Quando não está sendo morto ou amputado, ainda é usado como vilão misterioso...

Nenhum comentário: