quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 41

- Adventure Comics 333 (Junho de 1965)

Histórias:

* "The War Between Krypton And Earth" - Escrita por Jerry Siegel e desenhada por John Forte

Guerra Civil Legionária!

O que é a criatividade, não? Para o bem ou para o mal, ela pode levar uma história por caminhos espantosos. Imaginem um conceito ou uma sugestão de história que poderia parecer simples. Tipo... vamos dividir a Legião dos Super-Heróis para lutarem uns contra os outros. Esta história poderia muito bem ser só isso. Mas a desculpa para tal acontecimento é algo... não diria inconcebível... mas psicodélico o bastantes para a década em que foi criada.

A Legião dos Super-Heróis descobre indícios de que houve uma espécie de guerra entre o planeta Krypton (lar original do Superboy) e a Terra. Algo espantoso, já que nunca se ouviu falar sobre tal guerra. Para investigar esse mistério, dividem-se em dois grupos. O primeiro vai ao passado longínquo (e põe longínquo nisso) de Krypton e encontra antigos colonizadores que pretendem construir uma arca e partir para outro planeta, que por acaso seria a Terra. O segundo grupo parte para a Terra, em uma época tão antiga que o nosso Sol era vermelho. Esse detalhe, que mais servia de licença poética na história, limitava os poderes do Superboy, que funcionavam graças ao Sol ser amarelo.

Quando o grupo de kriptonianos chega a Terra, entra em conflito com o povo local, que era formada pela lendária civilização de Atlântida. O clima pouco amistoso entre os dois povos contamina os grupos de legionários, sendo que cada um toma partido dos interesses de cada lado. Esses dois grupos eram liderado por Satúrnia e Brainiac 5, que se desentendem e dão forma a briga, acabando por se tornar uma verdadeira guerra de superpoderes. Para deixar essa história, que já era maluca, com clima de romance clássico, há uma espécie de atração entre integrantes das duas facções. Um é o Superboy e a outra é uma atlante chamada Leta Lal (Superman e a velha mania de conhecer personagens com iniciais LL...)

Ao final do conflito, que na verdade acaba se tornando uma espécie de impasse, a atmosfera da Terra começa a se tornar maléfica para os atlanteanos e esses tem que se adaptar a um novo meio ambiente. A evolução natural desse povo os levaria a se tornarem uma raça aquática, meio peixe meio humana. Essa evolução é acelerada para que eles não morram com a atmosfera e suas cidades são afundadas no mar pelo poder de aumentar o peso de Astron (Star Boy). Do lado dos kriptonianos, seu legado foi ter trazido gigantescos lagartos em suas arcas, que ficaram na Terra e se tornaram os dinossauros pré-históricos.

Dessa forma, a "pequena" briga entre legionários foi responsável pelo:
a) surgimento do povo aquático de Atlântida.
b) a submersão da própria Atlântida
c) o surgimento dos dinossauros.

E pensar que era apenas uma história onde os legionários lutariam uns contra os outros...

Nenhum comentário: