quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 34

- Adventure Comics 321 (Maio de 1964)

Histórias:

* "The Code of the Legion" - Escrita por Edmond Hamilton e desenhada por John Forte

Senhor do Tempo.

Viagens no tempo sempre foram complicadas de se lidar devido aos inúmeros paradoxos que o tema pode causar. Ações causadas no passado podem alterar o futuro que, por sua vez, podem não disponibilizar a forma como o passado foi alterado, anulando, assim, a alteração neste mesmo futuro (sim, a teoria é complicada mesmo lendo a frase detalhadamente). Curiosamente, o vilão conhecido como Senhor do Tempo tem uma existência nos quadrinhos tão complexa quanto as manipulações do tempo que ele causa.

Ele surgiu discretamente, meio que um personagem a ser esquecido, em uma aventura passada da Mulher Maravilha. Na verdade, o personagem ali apresentado, conhecido como Mestre do Tempo, aparentemente pouco tinha a ver com o mesmo tradicional inimigo da Legião dos Super-Heróis. E mesmo nas histórias do grupo, ele apareceu de uma forma pouco comum pra época (porém comum nos dias de hoje).

Dentro das outras aventuras dos heróis, o Senhor do Tempo aparecia em uma subtrama dentro da história principal. Ou seja, enquanto enfrentavam outras ameaças, os legionários se preocupavam como vencer a barreira temporal criada pelo vilão, que impedia que visitassem o futuro ainda mais distante. Nesta edição, o vilão age mais ativamente, saindo um pouco de sua posição defensiva, ainda que não tenha uma aparição tão substancial ou um confronto mais direto com seus inimigos.

A Legião dos Super-Heróis enfrenta uma ameaça e citam usar a arma conhecida como Concentrador. Satúrnia se sente apavorada apenas em ouvir o nome de tal arma e diz que jamais poderão usá-la. Obviamente, os inimigos ficam curiosos sobre o que se trata o tal Concentrador e tentam de tudo para descobrir mais sobre ele.

Por outro lado, a força policial do futuro também se preocupa com a existência de uma arma tão poderosa que não possa ser explicada. Mais que isso, preocupam-se caso algum inimigo acabe forçando algum legionário a entregá-la. Para garantir a segurança, os legionários são submetidos a situações extremas para provarem que jamais irão entregar o segredo mesmo sob tortura.

Todos eles, de uma forma ou outra, conseguen manter a boca fechada. Mas Relâmpago é o único que acaba revelando a verdade. O Concentrador é uma arma capaz de reestruturar átomos, destruindo qualquer coisa ou criando outras através deles. Como punição por ter revelado o segredo, o herói é preso em uma espécie de gaiola onde irá cumprir prisão perpétua.

No cativeiro, Relâmpago revela porque fraquejou. Ele desconfiou que o chefe de polícia não era quem dizia ser. Superboy e Mon-El, utilizando visão de raios-x, confirmam o que ele diz... revelando que o chefe de polícia é na verdade o Senhor do Tempo, que tomou o lugar do verdadeiro para saber mais sobre o tal Concentrador que poderia derrubar a barreira temporal que ele criou.

Furioso por descobrir que Relâmpago mentiu, o vilão faz com que estrelas negras caiam sobre o planeta. É aí que Brainiac 5 utiliza a tal arma, capaz de rechaçar esse tipo de ameaça, porém, consumindo toda a energia local (e de boa parte do universo). Relâmpago é solto, o Senhor do Tempo foge ainda mais furioso e livre para ameaçar o grupo mais adiante. Tudo é uma questão de tempo.
*

Nenhum comentário: