domingo, 27 de dezembro de 2009

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 10

- Adventure Comics 290 (Novembro de 1961)

Histórias:

* "The Secret Of The Seventh Super-Hero" - Escrita por Robert Bernstein e desenhada por George Papp

O aperto de mão secreto.

Esta aventura do Superboy com Solar (um dos mais novos integrantes da Legião) tem duas tramas que se interligam.

Na primeira, ficamos conhecendo Tom Tanner, um jovem delinquente em fuga que é sósia perfeito de Clark Kent. Tão perfeito que engana até mesmo a mãe adotiva do jovem. Aproveitando-se disso, Tanner se mistura a pequena população de Smallville e aproveita as boas vindas que tem recebido. O irônico é que o jovem delinquente começa a repensar sua vida e até mesmo gostar do modo de vida "certinho" que Clark recebera, em parte por ser tão bem recebido entre os conhecidos de seu sósia.

Na segunda trama, enquanto o falso Clark age, vemos o verdadeiro como Superboy e auxiliando o herói Solar a recuperar partes de uma poderosa arma vinda do futuro. Por algum motivo, o leitor fica sabendo que Solar tem objetivos pouco nobres, agindo de forma vilanesca e enganando o Superboy. A superarma, na verdade, é um robô capaz de disparar raios que simulam até mesmo os efeitos da kriptonita.

As tramas se interligam quando o robô do futuro persegue Clark Kent para aplicar-lhe o raio. Como dá pra se prever, a arma acaba disparando contra o falso Clark, dando tempo para que o Superboy destrua o robô e capture Solar. Como consequência, Tanner perde a memória, inclusive sobre a identidade secreta de Clark Kent (algo que descobriu enquanto infiltrado na casa dos Kent) e, como sua única lembrança é a boa receptividade que teve andando na linha, decide voltar para o reformatório e se regenerar.

Já Solar, acaba sendo levado para o futuro e, diante da Legião dos Super-Heróis, é desmascarado como sendo um criminoso utilizando uma roupa que simula os poderes de Solar. Superboy descobriu que se tratava de um impostor devido a esse cumprimentar-lhe formalmente. E os legionários de verdade tem um aperto de mão característico, um sinal secreto que só aqueles que pertencem a esse seleto grupo conhecem.
*

Nenhum comentário: