terça-feira, 6 de outubro de 2009

THOR - Parte 106

- Thor 36 (Junho de 2001)

Histórias:

* "Lightning Fuse" - Escrita por Dan Jurgens e desenhada por Walter Taborda

Walter Taborda.

Uma edição de sustos no leitor. Logo de cara, a arte de Ian Churchill na capa remete ao visual utilizado nos anos 90, com a profusão de artistas no estilo "Image" (o que nos leva a Heróis Renascem). Ao abrir a revista para comprovar se a Marvel retornou ao passado pouco comemorado, o leitor toma outro choque. Acostumado com artes estilizadas, porém explosivas, de Romita Jr e Kubert, essas páginas estão desenhadas em um estilo muito diferente do acostumado. E, verdade seja dita, muito diferentes dos comics de super heróois americanos.

Acontece que quem desenha esta edição é o argentino Walter Taborda. De fato, seu estilo difere muito do que se conhece das revistas americanas de super heróis. Para quem foi pego de surpresa, sua arte até mesmo parece mal cuidada. A verdade é que Taborda tem o mérito de experimentar campos muito diferentes de atuação, em relação a seu trabalho. Já publicou histórias em branco e preto para revistas independentes (e, talvez, esse seja o cenário que sua arte mais funcione), em álbuns europeus e tem o mérito de ser um dos nomes mais falados a publicar mángas (quadrinhos japoneses)... na Argentina! De fato, um artista que tanto experimentou... até parar nas páginas da revista americana do Thor. Uma das cenas chama a atenção: a forma como ele desenha o Destruidor (armadura vilão das histórias de Thor), realmente dão um tom diferente, quase com clima de quadrinho europeu. Vale pela curiosidade.

Mas todos os sustos que o leitor tomou até então talvez sirvam para distraí-lo das decisões de Jurgens no roteiro. De uma hora para outra, ele retira Loki da maldição de ficar preso em um corpo mortal de um presidiário. O castigo de Odin é desfeito, sem nenhum esforço, por Karnilla, a rainha bruxa. Outra "reviravolta" é dar uma folga para Jake Olson (que se encontra hospitalizado e cheio de queimaduras) e deixá-lo transformar novamente em Thor. Tudo graças a Marnot, a entidade (e encarnação de um dos corvos de Odin) responsável pela fusão do deus do trovão e Jake. Apesar dos devaneios, ainda há um problema a ser resolvido: a alma que ocupa a armadura do Destruidor é de ninguém menos que Tarene, a versão "garota" de Thor, enfeitiçada pelo recém-liberto Loki.
*

Nenhum comentário: