sábado, 26 de setembro de 2009

THOR - Parte 95

- Thor Annual 1999 (Março de 1999)

Histórias:

* "Tears of a God" - Escrita e desenhada por Dan Jurgens

O que aconteceu a Thor e Doutor Destino?

No final da saga Heróis Renascem / Heróis Retornam, Thor se engalfinhou com o vilão Doutor Destino para evitar o sequestro de Franklin Richards (filho do Senhor Fantástico, do Quarteto Fantástico). No meio da batalha, Thor invocou as forças do martelo encantado... e os dois sumiram num clarão. Franklin foi resgastado por seu pai e os heróis restantes retornaram a dimensão do Universo Marvel. Mas... o que aconteceu com Thor e Doutor Destino? Afinal, Thor inexplicavelmente retornou ao Universo Marvel, aparecendo repentinamente em Asgard. Onde teria andado desde então, uma vez que sabe-se que o tal clarão não o transportou de imediato para Asgard?

A resposta, confusa até mesmo na mente de Thor, foi dada no especial anual da revista do herói, onde Dan Jurgens, além de escritor da série, também desenha a história. Não é algo do tipo "grande revelação" e nem mesmo serve satisfatoriamente de ponte entre os eventos que levaram ao retorno do deus do trovão. A verdade é que se torna uma história desnecessária, dando a impressão que não esclarecer o que aconteceu. O único detalhe que realmente repercute nas histórias que virão é o fato do ambiente mostrado ser o local em que o vilão Enrakt invadiu o martelo encantado para derrotar os asgardianos no futuro. Isso mostra uma maior preocupação de Jurgens em desenvolver o personagem que trabalharia nas revistas mensais, do que simplesmente resolver um mistério que assolava os leitores desde o final de Heróis Retornam.

Enfim...

Thor e o Doutor Destino, após a batalha por Franklin Richards, vão parar, separadamente, em um desolado planeta conhecido como Balatraan. Thor vai parar na superfície árida e deserta do planeta, sendo resgatado por uma feiticeira exilada conhecida como Ceranda, por quem se apaixona com o tempo e ajuda, com seus poderes, a tornar o deserto mais habitável. O Doutor Destino vai parar na cidadela futurista onde se concentra uma espécie de governo do local e usa as capacidades restantes de sua armadura (e seu sangue frio) para dominar o exército local.

Destino ataca o vilarejo onde Thor se encontra e ataca Ceranda, roubando parte de seus poderes místicos. E antes de usá-los para sair do planeta, o vilão revela que a chegada dos dois ao local, ao contrário do que o deus do trovão acredita, não foi acidental, mas algo manipulado desde o começo pela feiticeira, que usou Thor para tornar seu exílio naquela terra árida menos desagradável. Mesmo sabendo da verdade, Thor se entristece ao perceber que Ceranda realmente se apaixonou por ele.

A história é contada através de lembranças em uma festa surpresa organizada pelo Quarteto Fantástico (para agradecer o salvamento de Franklin). Dessa forma, é curioso notar como se parece com outro especial envolvendo o grupo de heróis, o encontro entre Quarteto Fantástico e Super Homem, coincidentemente (será?) também escrito e desenhado por Dan Jurgens. Alguns quadros, inclusive, se trocarmos Thor pelo Super Homem, parecem pertencer a mesma história. E não é só pelos dois voarem pela cidade vestindo uma capa vermelha...
*

Nenhum comentário: