domingo, 13 de setembro de 2009

THOR - Parte 83

- Thor 1 a 4 (Julho a Outubro de 1998)

Histórias:

* "In Search of the Gods" - Escrita por Dan Jurgens e desenhada por John Romita Jr

* "Deal With the Devil" - Escrita por Dan Jurgens e desenhada por John Romita Jr

* "God and Man" - Escrita por Dan Jurgens e desenhada por John Romita Jr

* "From the Ashes" - Escrita por Dan Jurgens e desenhada por John Romita Jr

Dan Jurgens, John Romita Jr e a nova revista do Thor.

A qualidade no retorno dos heróis que estiveram envolvidos na saga Heróis Renascem não se limitou apenas aos Vingadores. A estréia da nova revsita do Thor foi muito bem recebida devido a nova equipe criativa envolvida: o escritor Dan Jurgens (conhecido por ser um dos autores da saga - caça-níquel, é verdade... - A Morte do Super Homem) e o desenhista John Romita Jr. O destaque fica principalmente para Romita onde não apenas mostra uma bela arte, mas pelos seus curiosos visuais criados para personagens novos que vão surgindo a cada número. Claramente influenciado por Jack Kirby (apesar de ter um estilo muito próprio), Romita abusa de formas geométricas criando personagens que se tornam marcantes mesmo que o contexto não dê tanta importância para eles.

Como visto na revista dos Vingadores, Thor está as voltas com a destruição de Asgard e o sumiço de seus habitantes. Na Terra, um maluco diz ser Heimdall (guardião dos portões de Asgard) reencarnado. Thor o leva para a cidade dourada, mas lá, caindo na real, o homem mostra ser apenas um maluco mesmo que "achava" que era asgardiano.

De volta a Terra, o deus do trovão auxilia os vingadores Capitão América, Gavião Arqueiro, Feiticeira Escarlate e Homem de Ferro a enfrentar a armadura asgardiana conhecida como Destruidor, que havia sido possuída pelo espírito de um cruel militar. Thor acaba levando a pior, é incenerado e fica a beira da morte. Mesmo com a tentativa de ajuda da Feiticeira Escarlate, a alma do herói acaba indo parar no reino de Hela, a deusa da morte.

Porém, um inesperado personagem aparece para livrá-lo das garras da deusa. O misterioso ser diz chamar-se Marnot e mostra-se tão poderoso a ponto de intimidar Hela. Marnot mostra a Thor o outro lado de uma batalha de heróis contra um vilão: ao enfrentar o Destruidor, o deus do trovão nem imaginava que um paramédico, chamado Jake Olson, que atendia vítimas no local, seria atingido por uma explosão, ficando também a beira da morte. Marnot faz uma proposta a Thor para que o herói diminua seu remorso. Com isso, Jake e Thor passam a dividir o mesmo corpo. É a votla das transformações e de uma identidade secreta ao herói, da mesma forma como acontecia quando se tornava o médico Donald Blake em suas primeiras histórias nos anos 60, inclusive com direito a fraqueza de voltar a forma mortal caso fique um minuto longe do martelo encantado.

Mas essa nova vida não é nada fácil para Thor. Em seu novo corpo (de Jake Olson) descobre que o paramédico tem uma vida pessoal que inclui uma noiva e uma filha adolescente. O problema é que o paramédico mantém a mente de Thor e este, obviamente, não se lembra de detalhes desse relacionamento, o que cria situações complicadas a todos.

Thor tenta dividir suas responsabilidades como noivo, paramédico e herói e enfrenta a deusa do mar Sedna, que invade a cidade com uma criatura marinha gigantesca e tenta seduzir o deus do trovão com seu poder semelhante ao das sereias na mitologia. Namor, o príncipe submarino, que conhece muito bem esse poder de Sedna, consegue livrar o amigo de sua influência.

Por mais dramática que seja a história de identidades secretas de Thor, esta é a que mais abala o herói pelo excesso de responsabilidades e pelo fato de ele já ter problemas o suficientes com o sumiço de Asgard.
*

Nenhum comentário: