quinta-feira, 10 de setembro de 2009

THOR - Parte 79

- Fantastic Four 13, Avengers 13, Iron Man 13, Captain America 13 (Outubro de 1997)

Histórias:

* "Life in Wartime" - Escrita por James Robinson e desenhada por Mike Wieringo

* "Winning and Losing" - Escrita por James Robinson e desenhada por Michael Ryan

* "No Time to Mourn" - Escrita por James Robinson e desenhada por Larry Stroman

* "War Without End..." - Escrita por James Robinson e desenhada por Ron Lim

Terceira Guerra Mundial.

ou

Como esse mundo dá voltas.

Essa última saga conjunta das revistas do universo Heróis Renascem, parecem ser o canto do cisne da implosão dos quadrinhos nos anos 90. E de uma forma um tanto irônica.

Nos anos 90, as grandes editoras de quadrinhos (principalmente a Marvel) viram surgir talentos que se tornaram famosos no meio dos desenhistas (nesse ponto, mais do que roteiristas). Famosos, esses novos talentos viram que seus nomes se tornaram maiores do que os personagens que escreviam. Na verdade, acabaram se tornando até maiores do que as editoras para o qual trabalhavam. Então... já que formavam um grupo tão forte... acharam por bem abrir seu próprio negócio. Sua própria editora (na verdade um selo dentro de um editora menor). E o movimento deu certo. Mas... A vida editorial não é feita apenas de desenhar páginas bonitonas...

O que aconteceu em seguida foi uma enxurrada de novos desenhistas que apareciam com o mesmo estilo desses novos e, agora, empreendedores talentos. Para complicar mais ainda a situação, a antiga editora onde os talentos trabalhavam, contra atacaram com um estilo de quadrinhos idêntico... já que era esse que parecia estar dando certo. Com o mercado saturado de desenhistas utilizando um mesmo estilo de trabalho (onde antes haviam alguns), a coisa começou a azedar. E todos, novos talentos e velhas editoras, começaram a perder o controle e, pior, começaram a perder público.

A Marvel tentou arrumar a casa com o projeto Heróis Renascem, onde as histórias de seus mais queridos heróis começavam a ser contadas do começo, afim de dar uma nova chance para o leitor voltar, ou mesmo conquistar quem quisesse começar a ler quadrinhos desse ponto. Por ironia, os principais arquitetos desse empreendimento eram justamente os "novos talentos" que, de tanto sofrerem de superexposição, acabaram por envelhecer sua arte precocemente e cair na mesmice. Uma mão lavando a outra: a Marvel contava novamente com seus antigos e excessivamente famosos desenhistas e esses tinham a chance de, assim como os heróis da Marvel, chamar a atenção do público começando tudo com mais calma... do início... Mas isso também começou a dar errado...

O desenhista (e empreendedor) Jim Lee, um dos "antigos novos talentos" acabou ficando sozinho com o abacaxi desse projeto nas mãos. O canto do cisne deste malfadado negócio terminou com a edição 13 de cada uma das revistas envolvidas, onde é mostrado os heróis vivendo em um mundo apocalíptico, dominado por alienígenas. O chamariz aqui é a união dos herói da Marvel com os heróis criados por Jim Lee, quando este saiu da Marvel para tentar tocar sua (não tão) própria editora. E, volto a falar... como esse mundo dá voltas! O escritor James Robinson, querido do público mas nem tanto quanto antigamente, aceitou o desafio de escrever esse ensaio de fim de projeto.

Aqui, Thor integra um dos grupos de heróis formados por personagens da Marvel (sua casa) e pelos heróis da Image (editora para onde Jim Lee foi após a saída da Marvel). Esse grupo foi responsável por ir até a dimensão conhecida como Zona Negativa, afim de desativar a trava que unia os mundos dos dois heróis. Missão cumprida. Universos separados... E era o fim.. para personagens... escritores... desenhistas... editoras...
*

Nenhum comentário: